sexta-feira, outubro 19, 2007

EU Conference eLearning Lisboa 2007









Deve-se evitar participar em encontros como EU Conference eLearning Lisboa 2007- Delivering on the Lisbon Agenda, que decorreu esta segunda e terça-feira.

1. Por um lado, não estou habituado a encontros desta dimensão e que englobem um logística tão elaborada (cerca de 1800 participantes) e tanta opulência. Já estive na organização de eventos científicos, e gerir os “tostões” foi sempre bastante difícil.

2. Além disso, a entrada era gratuita; ao passo que os congressos são, habitualmente, bastante caros para quem quer participar.

3. No entanto, os dois pontos anteriores são laterais, ao contrário deste. Na verdade, foi muito bom conhecer as expectativas de alguns dos mais conceituados investigadores nos temas da conferência, Coesão Digital e Social, Requalificação na Sociedade do Conhecimento, O Valor do E-Learning. O caminho deverá ser, entre outros, o de:

  • educar para aprender e não para ser ensinado;
  • ajudar os alunos a lidar com a informação: encontrar, avaliar, usar e partilhar a informação;
  • preparar as novas gerações para empregos nas tecnologias que ainda não se conhecem, mas que hão-de surgir nos próximos anos;
  • usar as competências digitais para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

MAS, depois destes dois dias de expectativas, de entusiasmo, de provocação, de desafio... regressa-se à realidade da escola que parece viver num outro ritmo. Difícil, esta gestão de velocidades, ambas vertiginosas.

Sem comentários: