quinta-feira, novembro 15, 2007

Toshiba distingue Governo pelo programa e-escolas

A iniciativa e-escolas foi hoje distinguida oficialmente pela Toshiba Europa com o Best European Project Award. (...) O projecto promovido pelo Governo foi reconhecido internacionalmente pelo contributo decisivo que trouxe ao país, quer a nível da Sociedade da Informação quer no que diz respeito ao incentivo educacional associado à acção.

João Amaral, da Toshiba Portugal, frisou que o programa e-escolas é destacado pela "inovação e impacto" que trouxe para a sociedade actual e pela "mudança que representa no paradigma da educação". (...) Por fim, José Sócrates recebeu o prémio e destacou que o e-escolas é o "programa mais emblemático do Plano Tecnológico e é um sucesso".

O primeiro-ministro destacou que até à data já foram recebidos e aceites 100 mil pedidos de aquisição de computadores no âmbito do projecto e hoje era ultrapassada a meta dos 40 mil equipamentos entregues, já que na sessão fora distribuídos 60 portáteis a professores e alunos beneficiários do programa. TEK.sapo.pt

Um programa que foi iniciado em Outubro é já considerado um sucesso. Mas o critério que permite aferir isso é apenas o número de computadores distribuído - vendido, diria eu. Quanto à "inovação e impacto" que isso trará à sociedade, não pode existir ainda nenhum dado concreto. Concreto só mesmo o negócio bem interessante para as empresas que participam neste programa, como é o caso da Toshiba.

Sem comentários: