terça-feira, dezembro 04, 2007

Se vivesse hoje, Anne Frank teria hi5?



Perceber o alcance da influência que as tecnologias têm efectivamente nas nossas vidas não será tão óbvio quanto possa parecer.

Por exemplo, se Anne Frank vivesse nos nossos dias (deixando de lado um certo tom aligeirado no exemplo escolhido), teria escrito um diário? Bom, se tivesse acesso à Internet, teria porventura preferido o formato de grande parte dos jovens (e não só), que é o hi5.

De facto, aí encontra-se um registo, de certa forma, diarístico (existe mesmo no menu o termo "Diário"). Aliás, grande parte das vezes, o conjunto de imagens e vídeos que aí se encontra não são mais do que autênticas narrativas, mas baseadas numa linguagem iconográfica.

Por isso, quando na escola se fala do diário, a referência ao hi5 poderá ser uma forma das novas gerações* perceberam um pouco melhor esta tipologia de texto.


*A este propósito, vale a pensa ver Oblinger, D. & Oblinger, J. (eds) (2005). Educating the Net Generation. Educause.

Sem comentários: